A História da Lista Telefônica

– 11:38Publicado em: Internet

A primeira lista telefônica foi emitida em 21 fevereiro de 1878, era feita de um único pedaço de papelão e continha os nomes das 50 empresas de New Have, uma cidade dos Estados Unidos, que possuíam um número telefônico.

Em 5 de janeiro de 1880, um ano depois de ser instalada a primeira linha telefônica do Reino Unido, foi criada a primeira lista telefônica britânica. Hoje um exemplar da lista se encontra preservado na coleção de arquivos da BT, uma empresa de telecomunicações com sede na Inglaterra.

Uma empresa chamada RH Donnelley Company afirma até hoje ter publicado a primeira lista telefônica de Chicago, Illinois , em 1886.

Em janeiro de 1881 foi instalada no Brasil a primeira empresa disposta a oferecer um serviço completo de telefonia para o país. Na mesma ocasião foi publicada aquela que seria a primeira lista telefônica do Brasil, cujo original está na Biblioteca Nacional.

Em 1883 o Rio de Janeiro já possuía aproximadamente 5000 assinantes de linhas telefônicas, assim a lista telefônica passou a ter uma importância vital nas casas e empresas do país, seguindo a tendência do que já estava ocorrendo no resto do mundo.

No início da década de 80 foi instalada na França o Minitel, um sistema que permitia aos assinantes de linhas telefônicas fazer uma série de serviços sem sair de casa, utilizando para isso terminais semelhantes a computadores, formados apenas por uma tela, um teclado e um modem. Esses terminais eram entregues gratuitamente para todos os assinantes.

O Minitel permitia as pessoas comprar bilhetes de trem, comprar determinados produtos, utilizar um bate-papo e consultar os preços das ações, mas o serviço mais utilizado era um diretório com números de telefones, endereços e algumas outras informações de pessoas e empresas de quase toda a França. Era a primeira lista telefônica eletrônica.

1991 foi o ano em que o Supremo Tribunal dos Estados Unidos decidiu que as empresas de telefonia não possuíam direitos sobre as listas de telefones, pois o direito autoral protegia apenas obras criativas e não a simples coleta de informações. A decisão resultou na permissão para diversas empresas de distribuir as listas telefônicas através de CDs ou publicá-las na internet.

A Austrália ganhou em 1994 a sua primeira lista telefônica disponível na internet, a Yellowpages.com.au e logo em seguida surgiu a Whitepages.com.au apenas com telefones de pessoas físicas.

Em abril de 1996 entram no ar os sites Yellowpages.com e Whitepages.com, as primeiras listas telefônicas dos Estados Unidos. Em 1997 começa a operar a primeira lista telefônica online da França e em 1999 foi à vez da Itália.

O site Telelistas.net entrou no ar em 1997, sendo a primeira lista telefônica online do Brasil, seguida de perto por inúmeras outras empresas, além de sites oficiais das operadoras de telefonia.

Com o surgimento de mecanismos de pesquisa, como o Google e Yahoo!, pesquisar números de telefones e endereços foi se tornando cada vez mais fácil, uma vez que os sites de listas telefônicas também eram indexados por esses buscadores.

O Google Places, um serviço criado pela Google e que permite as empresas, pessoas e organizações adicionarem ao Google Maps seus endereços, telefones e descrições. Hoje o Google Maps é o mais utilizado serviço de mapas do mundo e, sem dúvida alguma, a maior lista telefônica da história.

L99

Um site de variedades.

  • Página de exemplo
  • Enviar sua Postagem
  • Política de Privacidade
  • Termos de uso
  • Atividade
  • Membros
  • Registro
  • Ativação
Este é um site do grupo B20
Pular para a barra de ferramentas