Apneia e ronco podem ser corrigidos com cirurgia plástica

Dormir bem é um quesito fundamental para quem deseja ter um nível alto de qualidade de vida. Porém, muitos fatores podem contribuir para uma noite de sono mal dormida, como por exemplo a apneia do sono, uma condição que desorganiza os movimentos respiratórios e é caracterizada pela obstrução parcial ou total das vias aéreas durante o sono.

Mais de 10% da população brasileira, com idade acima de 65 anos apresentam esse distúrbio que tem como sintomas o ronco, momentos de interrupção de respiração e por consequência, sono excessivo durante o dia. Muitos estudos mostram que a apneia do sono, quando não tratada, pode acarretar em outras complicações incidência de infartos, derrames cerebrais e arritmia cardíaca. Uma grande porcentagem de pacientes que possuem a apneia do sono, apresentam também quadros de hipertensão arterial.

Depois de diagnosticado, o tratamento pode ser feito através do uso de uma máscara (CPAP) que provoca uma pressão positiva auxiliando a passagem de ar pelas vias aéreas ou então por um procedimento cirúrgico.

Hoje, afirma-se que a cirurgia plástica também pode ser um grande aliado na solução deste problema. Através da rinoplastia, técnica conhecida para quem busca modificar o formato ou tamanho do nariz com fins estéticos, pode ser usada também para tratar o ronco causado pela apneia. O procedimento ajuda a manter as estruturas do nariz estáveis, evitando que a cartilagem volte ao estágio inicial. O resultado é um nariz com estrutura esculpida e fortalecida, com a sua funcionalidade recuperada e uma melhora das funções respiratórias. É importante lembrar que quaisquer procedimentos devem ser acompanhados por um especialista que sempre dará o diagnóstico correto do que se encaixa melhor ao seu caso.

L99

Um site de variedades.

  • Página de exemplo
  • Enviar sua Postagem
  • Política de Privacidade
  • Termos de uso
  • Atividade
  • Membros
  • Registro
  • Ativação
Este é um site do grupo B20
Pular para a barra de ferramentas