Brasil precisa incentivar o uso de bicicletas em vias urbanas

bicicletas de vários tipos, modeladas partir da utilização do software solidworks , com quadros estilosos que agradam pessoas de diferentes idades. Elas podem ser utilizadas em diferentes tipos de asfaltos, e para vários propósitos. Mas vamos falar inicialmente do uso em vias urbanas. Mesmo em cidades caóticas, cujo transito um tanto quanto bagunçado como o encontrado no Rio de Janeiro , alguns estudantes e trabalhadores não abrem mão de utilizar a magrela nas atividades cotidianas. Ok é arriscado, mas em tempos de conscientização ecológica, e de sustentabilidade, deixar o carro na garagem e deslocar-se no meio de transporte menos poluente que existe, é uma atitude de primeiro mundo.

Em países do primeiro mundo a utilização de bicicletas é estimulada

Em países como Holanda, Dinamarca, Finlândia e Suécia, o uso da bicicleta é incentivado pelo Governo, para que a qualidade do ar melhore, e que os congestionamentos diminuem, ou seja, é uma medida que estimula o aumento da qualidade de vida . Desde cedo é ensinado às crianças nas escolas, noções de cidadania e educação no transito. O ciclista é respeitado. Logo, é comum vermos no noticiário gringos indo trabalhar nas suas bikes. No Brasil – apesar do aumento de adeptos do meio de transporte nos últimos anos – a porcentagem ainda é ínfima, pela falta de incentivo por parte dos órgãos governamentais e pelo justificável medo de ser atropelado por algum dos nossos motoristas malucos.

É uma aventura andar de bicicleta no Rio, em São Paulo, Salvador, Belo Horizonte, Porto Alegre, ou qualquer cidade grande, ou média. A capital carioca tem a maior rede de ciclovias do Brasil – cerca de 240 quilômetros – enquanto isso, Amsterdam tem 400 quilômetros dessas vias especiais. Na capital holandesa, em torno de 40% do tráfego é de bicicletas, e em Copenhague na Dinamarca cerca de 1/3 da população utiliza o veículo como principal transporte. Infelizmente o país que irá sediar a copa de 2014 ainda precisa se conscientizar que modernização não é sinônimo de mais carros arrojados rodando nas ruas.

Deixe o carro na garagem e pegue sua magrela

 Montain Bike, Downhill, as urbanas, claro. Bicicletas de todos os tipos estão por aí nas ruas, estradas e montanhas. É um veículo bonito, fácil de levar para outros lugares – algumas são dobráveis – , não polui, promove o contato direto do condutor com a natureza, melhora sua saúde, você não gasta dinheiro com combustível, e por aí vai. São muitas as vantagens em ter uma bike, pode confiar. Cabe às nossas autoridades incentivarem o uso do veículo, e os motoristas de carros e caminhões tratarem os ciclistas como cidadãos. Pronto para deixar o carro na garagem e pegar a magrela para andar por aí?

L99

Um site de variedades.

  • Página de exemplo
  • Enviar sua Postagem
  • Política de Privacidade
  • Termos de uso
  • Atividade
  • Membros
  • Registro
  • Ativação
Este é um site do grupo B20
Pular para a barra de ferramentas