Crônica, crítica e conto

Um dos temas mais recorrentes das provas de língua portuguesa no Enem e vestibulares são os gêneros textuais. Eles englobam tanto os textos das situações mais comuns de comunicação, como e-mail, cartas, manuais, notícias entre outros, quanto os textos literários. Entre os gêneros literários que aparecem com frequência nos vestibulares estão: a crítica, a crônica e também o conto.

Cada gênero é delimitado por seu contexto, ou seja, a função do texto e público que este pretende alcançar. O gênero da crítica, normalmente, se presta a fazer uma análise qualitativa de alguma produção cultural, como livros, filmes, peças de teatro, shows, etc. A crítica apresenta diversas informações da produção cultural e lança sobre o texto considerações de quem o escreve.

Já a crônica é um gênero textual híbrido que mistura elementos de textos jornalísticos e literários. Esse tipo de escrita surgiu a partir do desenvolvimento da imprensa, um dos seus principais suportes de publicação. Em meio às notícias dos jornais e revistas, normalmente aparecem as cronicas, aqueles textos voltados para temáticas do cotidiano, escritos com uma linguagem mais livre e despojada, e marcados pela subjetividade do autor.

Outro tipo de texto que se assemelha aos romances ou às obras escritas em prosa é o conto. No entanto, ao contrário das novelas e romances, o conto costuma ser breve, narrando alguma história em poucas linhas e páginas. De caráter totalmente ficcional e fantasioso, o conto apresenta um narrador, personagens, ponto de vista e o enredo.

As pessoas, de modo geral, podem fazer confusões entre os gêneros textuais e sentir dificuldades para discernir um gênero do outro. Para evitar os equívocos, uma dica é ler o texto e observar as suas marcas e características.

L99

Um site de variedades.

  • Página de exemplo
  • Enviar sua Postagem
  • Política de Privacidade
  • Termos de uso
  • Atividade
  • Membros
  • Registro
  • Ativação
Este é um site do grupo B20
Pular para a barra de ferramentas