Fãs dos Beatles perdiam Lennon há 31 anos

Muita gente considera os Beatles como a melhor banda de todos os tempos. Justamente por isso dezembro é um mês especial para os fãs dos eternos garotos de Liverpool, já que no dia 08 completam 31 anos do assassinato de John Lennon. Mesmo com tantos CDs póstumos, biografias, documentários e filmes de ficção, a lacuna deixada pela morte não só de John, mas de George também, parece não ser preenchida.

O Garoto de Liverpool mostra John antes da fama

Recentemente, foi lançado o filme O Garoto de Liverpool, dirigido por Sam Taylor-Wood e baseado nas memórias da irmã de John, Julia Baird. O longa mostra como Lennon se relacionava com seus familiares e amigos, mas não chega a mostrar os Beatles no auge do sucesso. É interessante uma obra de ficção que não exalta a fama, mas sim faz um estudo sobre a representatividade da formação do ser humano antes de se tornar a figura pela qual ele foi conhecido.

Elvis foi inspiração

Elvis Presley e o Rock’n Roll foram as maiores influências de John, que teve como seu grande parceiro musical o ex-Beatle Paul McCartney. Provavelmente os Beatles não fariam tanto sucesso se não fosse a formação da dupla John e Paul. George e Ringo também tiveram sua importância, mas o foco das atenções nem sempre era no quarteto como um todo. Como os fãs desejariam que John estivesse vivo, produzindo e bem. Que o máximo que ele precisasse fazer quando não estivesse bem de saúde fosse ver um médico ou ir a alguma drogaria. E não ter levado quatro tiros, como aconteceu…

L99

Um site de variedades.

  • Página de exemplo
  • Enviar sua Postagem
  • Política de Privacidade
  • Termos de uso
  • Atividade
  • Membros
  • Registro
  • Ativação
Este é um site do grupo B20
Pular para a barra de ferramentas